Home Notícias Biblioteca da Fundacentro reúne amplo acervo voltado aos profissionais da área de SST
0

Biblioteca da Fundacentro reúne amplo acervo voltado aos profissionais da área de SST

0
0

Em entrevista à revista Cipa, o atual coordenador da biblioteca da Fundacentro, Sérgio Cosmano, fala sobre a relevância do acervo disponível e dos avanços na literatura voltada aos profissionais da área de SST 

por Ana Claudia Machado

Fundada com o intuito de atender às necessidades de informação de pesquisadores, técnicos e interessados na área de segurança e saúde ocupacional, a biblioteca da Fundacentro foi criada em 1970. Registrada na categoria de Biblioteca Especializada pelo Instituto Nacional do Livro, apenas dois anos após sua inauguração o local passou a atuar como Centro de Informação em Segurança e Saúde no Trabalho, título concedido pela Organização Internacional do Trabalho (CIS/OIT), disponibilizando com exclusividade para o Brasil diversos estudos técnico-científicos publicados em escala mundial sobre o tema. Passados quase 50 anos, o acervo cresceu e os assuntos das obras relacionadas ao setor também evoluíram. Em meio a tantas mudanças, é possível dizer que a biblioteca acompanhou essa evolução de perto, pois abriga boa parte das principais pesquisas voltadas à saúde e segurança dos trabalhadores. Para falar sobre como funciona o espaço, a Cipa conversou com o atual coordenador da biblioteca, Sérgio Cosmano, que explica a seguir como é composto o acervo e quais assuntos são mais procurados atualmente.

O que levou a Fundacentro a criar uma biblioteca especializada em assuntos relacionados à saúde e segurança dos trabalhadores?
Presente em quase todo o Brasil por meio de suas unidades descentralizadas, a Fundacentro atua de acordo com os princípios do tripartismo, ou seja, em conjunto ao governo, aos trabalhadores e aos empresários com vistas à melhoria dos ambientes profissionais e à redução das taxas de acidentes de trabalho no País. Neste sentido, a biblioteca vem ao encontro dos ideais da instituição, que tange à sua missão: “produção e difusão de conhecimentos que contribuam para a promoção da segurança e saúde dos trabalhadores e das trabalhadoras, visando o desenvolvimento sustentável, com crescimento econômico, equidade social e proteção do meio ambiente”. Em colaboração ao cumprimento dessa missão, a Biblioteca Dr. Eduardo Gabriel Saad é um setor dentro da Fundacentro que gerencia, armazena, compra, processa e dissemina todo o conhecimento em diversos suportes, na área de segurança e saúde no trabalho, inclusive a produção científica de seus pesquisadores.

Como é composto o acervo?
Contém no acervo entre livros, normas, folhetos, teses, dissertações, publicações seriadas, obras de referência, relatórios técnicos, DVDs, CD-ROM de eventos, periódicos, microfichas e arquivos em PDF, entre outros. Encontra-se na biblioteca uma obra considerada rara, cujo titulo é “As doenças dos trabalhadores”, do médico italiano Bernardino Ramazzini, publicada pela primeira vez em 1700. Essa é uma obra muito importante, pois, observando as queixas de seus pacientes e seus ofícios, o autor identificou que o trabalho pode ser um determinante no processo de adoecimento. Trezentos anos depois, no ano 2000, a Fundacentro publicou a primeira edição da obra de Ramazzini em português e agora, em 2016, quando celebrou seus 50 anos, lançou uma nova edição.

De que forma o espaço acompanhou a evolução da literatura voltada ao setor de SST?
Ao longo dos anos, a biblioteca tem crescido em quantidade de publicações referentes ao setor de saúde e segurança no trabalho. Também tem desenvolvido publicações em “histórias em quadrinhos”, nas áreas de nanotecnologia, trabalho no campo, transportes, marmoraria e substâncias químicas. Um outro ponto importante a destacar é que a biblioteca está trabalhando junto ao Grupo de Resgate Histórico da Fundacentro (GRH) para que possa organizar todo material levantado. Pretende-se catalogar os documentos da Fundacentro captados pelo GRH, de modo que os registros possam ser tratados, armazenados adequadamente e disponibilizados para acesso de pesquisadores. A entidade tem desenvolvido estudos e pesquisas e a difusão de conhecimentos que a tornaram uma referência nacional e internacional na área da prevenção de acidentes do trabalho e de doenças ocupacionais. Por conta dessa relevância histórica na concretização das ações voltadas para a segurança e saúde no trabalho no Brasil, requer o adequado tratamento das informações adquiridas ao longo dos anos nessa área.

Clique aqui e confira a entrevista na íntegra na edição de março/2017 da revista Cipa

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *