Home Artigo Para que servem as Permissões de Trabalho?
0

Para que servem as Permissões de Trabalho?

0
0

 

Por João Marcio Tosmann

Muito utilizada no ambiente industrial, a Permissão de Trabalho (PT) é um documento que contém as medidas necessárias para a realização de um trabalho seguro, além de instruções para situações de emergência ou resgate.

Presente em muitas normas regulamentadoras, serve para assegurar que as atividades (manutenção, montagem, desmontagem, construção, reparo ou inspeção) sejam feitas com segurança num ambiente industrial, evitando que acidentes de trabalho ocorram. Assim, a PT tem por objetivo prever cada etapa de um serviço com riscos potenciais de acidentes a serem executados nas diversas áreas.

Como exemplo, a NR-33 que regulamenta a segurança e saúde nos trabalhos em espaços confinados, prevê como medida administrativa “a adaptação, o preenchimento, o controle e o arquivamento” das permissões de trabalhos nestas condições.


Como é feita?

Trata-se de um documento redigido em duas vias (uma a ser entregue no local de trabalho e outra arquivada pela área de Segurança do Trabalho), que contém uma autorização para determinado trabalhador realizar uma atividade. Neste material estão contidas orientações formais sobre como desempenhar a atividade a fim de evitar acidentes.

A autorização é entregue pelo colaborador ao seu supervisor, antes da execução de qualquer trabalho. A permissão serve não apenas para a segurança do funcionário, mas também para esclarecer dúvidas possíveis sobre todas as etapas do trabalho.

Confira o passo a passo para a produção de uma PT:

  1. Antes de iniciar o trabalho:
  •  Visite o local do trabalho e anote todos lugares que possam oferecer algum risco.
  •  Preencha o formulário (análise de risco) ainda no local com a ajuda da equipe envolvida na atividade, para que sejam contemplados todos os detalhes. Descreva de maneira objetiva as etapas de trabalho, verificando os perigos e as medidas preventivas a serem executadas.
  •  Solicite as assinaturas dos participantes e supervisores no verso do formulário.
  • Elabore a Permissão de Trabalho, adaptando o modelo de acordo com a atividade a ser executada.
  1. No momento do trabalho:
  •  Certifique-se que o local de trabalho foi isolado e sinalizado (placas, alarmes, cartazes, etc).
  •  Siga atentamente todas as etapas estabelecidas na PT.
  • Deixa a PT em um local visível para os supervisores.
  •  Realize a leitura em voz alta dos procedimentos, tire dúvidas que possam surgir e recolha a assinatura dos participantes. Verifique se foram atendidas todas as recomendações exigidas.
  • Caso ocorra algo fora do previsto, todos devem parar o serviço e divulgar o ocorrido para toda a equipe, a fim de apresentar as falhas e as medidas preventivas para evitar a reincidência.
  1. Após o trabalho:
  •  Realize uma inspeção completa, retirando tudo o que pode ter restado do serviço (lixo, peças e estruturas soltas, materiais inflamáveis, ferramentas).
  • O responsável pela atividade deverá devolver a ficha para arquivamento na área de Segurança do Trabalho.

 

 

João Marcio Tosmann  –  Diretor da Tagout, indústria de produtos de Bloqueio e Etiquetagem que oferece consultoria, treinamento e elaboração de procedimentos para implantação do Programa de Controle de Energias Perigosas (PCEP).

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *