Um dia de luto e luta: 28 de abril

0

velas_620 copyO dia 28 de Abril é marcado mundialmente por lembrar das vítimas de acidentes e doenças do trabalho. A data foi instituída pela OIT (Organização Internacional do Trabalho). No Brasil, a Lei n0 11.121/2005 instituiu o mesmo dia como o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho. A data homenageia mas também volta as atenções e preocupações para o outro lado do trabalho: o que acidenta, incapacita e mata.

Os números são impressionantes. De acordo com a OIT (Organização Internacional do Trabalho), a cada 15 segundos um trabalhador morre de acidentes ou doenças relacionadas com o trabalho no mundo, ou seja, três vidas são ceifadas por minuto e cinco mil por dia. A cada ano acidentes de trabalho não mortais vitimam 317 milhões de pessoas.

O trabalho não envolve somente apenas riscos de acidentes, mas também o de doenças. No mundo são 160 milhões de pessoas que sofrem com doenças ocupacionais não letais e mais de dois milhões de pessoas morrem a cada ano devido a enfermidades relacionadas ao trabalho. Essas ocorrências compreendem 4% do PIB mundial, o que corresponde a e 2,8 bilhões de dólares em custos diretos e indiretos.

No Brasil, dados da Previdência social destacam que durante o ano de 2013 foram registrados no INSS cerca de 717,9 mil acidentes do trabalho. Comparado com 2012, o número de acidentes de trabalho teve aumento de 0,55%. O total de acidentes registrados com CAT (Comunicação de Acidentes de Trabalho) aumentou em 2,30% de 2012 para 2013. Do total de acidentes registrados com CAT, os acidentes típicos representaram 77,32%; os de trajeto 19,96% e as doenças do trabalho 2,72%. As pessoas do sexo masculino participaram com 73,01% e as pessoas do sexo feminino 26,99% nos acidentes típicos; 62,21% e 37,79% nos de trajeto; e 58,38% e 41,62% nas doenças do trabalho.

Nos acidentes típicos e nos de trajeto no País, a faixa etária decenal com maior incidência de acidentes é constituída por pessoas de 20 a 29 anos com, respectivamente, 34,11% e 37,50% do total de acidentes registrados. Nas doenças de trabalho a faixa de maior incidência foi a de 30 a 39 anos, com 33,52% do total de acidentes registrados. São pessoas em idade altamente produtiva, e uma fase da vida em que elas estão em pleno vigor físico e mental.

bola 1

Para este ano de 2015, o mote da OIT está voltado na construção de uma cultura de prevenção em saúde e segurança ocupacional. Segundo o órgão internacional, mais de 865 mil pessoas sofrerão acidentes ou perderão suas vidas no ambiente de trabalho no mundo em um ano.

Este ano, a OIT criou uma página dentro do site oficial (www.ilo.org/safeday) com informações novas e úteis, incluindo uma animação mostrando o papel de cada um dos interessados, informações mais detalhadas sobre os principais aspectos e tendências em matéria de SST, bem como um kit de campanha, que inclui uma apresentação PPT com notas, cartaz e o panfleto.

Deixe uma Resposta

Seu comentário aguarda moderação.

VOCÊ GANHOU UM CUPOM DE DESCONTO!

Utilize o CUPOM CIPA10 e tenha 10% de Desconto na Assinatura de qualquer Plano da Revista Cipa & Incêndio.

USAR MEU CUPOM CIPA10
* Promoção válida para pedidos realizados até o dia 31.05.2021. Essa promoção não é válida para quem já é assinante da revista e não é cumulativa com outras promoções.
close-link