NR-17: A importância da ergonomia no ambiente industrial

0

A Ergonomia e a Segurança do Trabalho andam de mãos dadas para que a indústria seja cada vez mais segura e produtiva.

Saúde, segurança e qualidade de vida são importantes para o ser humano em qualquer lugar que esteja, principalmente no trabalho, onde passamos muitas horas do nosso dia. Você conhece as regras que garantem ergonomia para os trabalhadores na indústria?

Mesmo em ambientes industriais modernos, onde a automação industrial impera, existem equipes atuando efetivamente e, por isso, a ergonomia precisa estar presente. Somente com a adequada avaliação das condições do ambiente ocupacional, as possíveis intervenções e correções de problemas que prejudicam os trabalhadores poderão ser solucionadas.

A NR-17 estabelece parâmetros que permitam a adaptação das condições de trabalho de modo a proporcionar o máximo de conforto, segurança, bem-estar e um desempenho eficiente ao trabalhador. Para isso, inclui aspectos relacionados ao levantamento, transporte e descarga de materiais, ao mobiliário, aos equipamentos e às condições ambientais do posto de trabalho e à própria organização do trabalho.

Identificar os riscos ergonômicos existentes em cada uma das atividades de uma indústria é fundamental para que sejam implantadas melhorias nos postos de trabalho. Por isso, é dever do empregador realizar a análise ergonômica qualitativa e quantitativa em relação às atividades executadas pelos colaboradores. Essa análise deve incluir desde a forma como o trabalhador desempenha uma determinada atividade até se os equipamentos estão em conformidade com as diretrizes propostas nas normas vigentes.

 

Ergonomia no Ambiente Industrial

 

Os ganhos para quem investe em ergonomia na indústria são muitos, como por exemplo:

Aumento da produtividade: postos de trabalho ergonômicos ajudam a aumentar a produtividade dos funcionários, uma vez que o profissional atua em uma base perfeita para garantir a eficácia dos processos de produção manual.

Reduz afastamentos: as doenças laborais causadas pela falta de ergonomia no ambiente de trabalho devem ser evitadas a todo custo a fim de evitar acidentes, afastamentos e gastos com substituição de profissionais.

Evita prejuízos financeiros:  a ergonomia inadequada no ambiente de trabalho pode resultar em multas e processos trabalhistas caso haja negligência da empresa. A avaliação ergonômica no ambiente de trabalho é obrigatória, assim como os exames ocupacionais para garantir a saúde do trabalhador.

No que investir para garantir a ergonomia dos trabalhadores?

O primeiro passo é a realização da avaliação ergonômica de todos os postos de trabalho do ambiente industrial. Isso porque cada atividade requer um tipo de movimentação do trabalhador, manuseio ou carregamento diferente.

Em seguida, algumas ações precisam ser executadas para garantir um ambiente saudável para toda a equipe:

Correção dos problemas – é importante corrigir e aperfeiçoar o que for necessário nos postos e bancadas de trabalho.

Conscientização dos funcionários – também é importante a realização de treinamentos e palestras para a conscientização dos funcionários sobre os riscos ergonômicos e sua prevenção.

Deixe uma Resposta

Seu comentário aguarda moderação.

PATROCÍNIO

VOCÊ GANHOU UM CUPOM DE DESCONTO!

Utilize o CUPOM CIPA10 e tenha 10% de Desconto na Assinatura de qualquer Plano da Revista Cipa & Incêndio.

USAR MEU CUPOM CIPA10
*Essa promoção não é válida para quem já é assinante da revista e não é cumulativa com outras promoções.
close-link