Serviço do SENAI CETIQT testa EPIs contra fogo

1
O Manequim tem mais de 100 sensores que podem verificar o nível de queimaduras em uniformes, por exemplo (Foto: Reprodução/CNI)

O Instituto de Tecnologia SENAI CETIQT – Têxtil e Confecção, no Rio de Janeiro, vai oferecer mais um serviço inédito para o setor. A novidade agora é o Manequim Instrumentado. Único na América do Sul, o equipamento permite a realização de testes de flamabilidade em uniformes e EPIs (equipamentos de proteção individual), para verificar se realmente protegem o usuário contra queimaduras de primeiro, segundo e terceiro graus.

O Manequim tem mais de 100 sensores que podem verificar o nível de queimaduras.

A rede de laboratórios do SENAI CETIQT é credenciada pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) para a realização de diversos tipos de testes. Para ampliar essa oferta de serviços, atuará também nas áreas de proteção contra calor e chama, vestimentas de proteção para soldadores, contra eletricidade estática, e contra o fogo repentino.

Um dos mais importantes é o ensaio de resistência em materiais de acabamento e revestimento de paredes e tetos de locais como casas de festas. Após a tragédia na boate Kiss, em Santa Maria (RS), em 2013, o Corpo de Bombeiros passou a exigir que esse tipo de material passasse por testes.

Bergamini afirma que outros testes também serão ofertados para as empresas. “Estamos ampliando nosso escopo para atuarmos em áreas que não atuávamos, como os EPIs. Passaremos a realizar, ainda, ensaios em materiais retro refletivos, entre outros, a nível nacional”, diz. A intenção é atender toda a América do Sul.

MAIS UM LABORATÓRIO
Outra novidade é o Laboratório de Toxicidade, que verificará substâncias químicas perigosas à saúde e ao meio ambiente. São substâncias já restritas na Europa e nos Estados Unidos, e o Brasil também deve restringir algumas delas. “São 10 grupos de substâncias que serão restringidas ou excluídas em diversas áreas, principalmente em roupas de bebê. Cada tecido terá um limite. Isso é algo novo no Brasil. A norma brasileira será publicada já no início do ano que vem, e estamos trabalhando para que esse laboratório a atenda em breve”, explica o coordenador.

Para Bergamini, a ampliação dos laboratórios do SENAI CETIQT significa mais benefícios para a indústria nacional. “Oferecer esses serviços nos permite otimizar custos e proporcionar mais agilidade para as empresas, pois não será necessário enviar tecidos ao exterior para fazer testes. Isso poderá ser feito em nosso território”. Segundo ele, alguns ensaios já estarão disponíveis ainda este ano e outros até o primeiro semestre de 2016.

O coordenador de Serviços Laboratoriais do SENAI CETIQT, Raphael Bergamini, explica como o teste é feito:

[su_audio url=”http://revistasecurity.com.br/cipa/wp-content/uploads/sites/2/2015/10/RaphaelBergaminiSENAICETIQTportal.mp3″]

 

Fonte: CNI/ SENAI CETIQT

1 Comentário
  1. Ana Maria diz

    Muito bom matéria ,sou técnica de Segurança do Trabalho

Deixe uma Resposta

Seu comentário aguarda moderação.

VOCÊ GANHOU UM CUPOM DE DESCONTO!

Utilize o CUPOM CIPA10 e tenha 10% de Desconto na Assinatura de qualquer Plano da Revista Cipa & Incêndio.

USAR MEU CUPOM CIPA10
* Promoção válida para pedidos realizados até o dia 31.05.2021. Essa promoção não é válida para quem já é assinante da revista e não é cumulativa com outras promoções.
close-link