Empresas que venderam para o MS em 2019 precisam comprovar adesão à logística reversa até dia 31/12/2021

0

Termina no próximo dia 31 de dezembro de 2021 o prazo dado pelo Ministério Público do Mato Grosso do Sul para que as empresas que comercializaram produtos no Estado do MS no ano de 2019 comprovam a adesão a um sistema coletivo de logística reversa de embalagens.

Para viabilizar a adesão, a ANIMASEG – Associação Nacional da Indústria de Material de Segurança e Proteção ao Trabalho firmou um acordo com a eureciclo, empresa que oferece compensação ambiental como solução para a logística reversa. A compensação ambiental, neste caso, consiste em destinar de forma ambientalmente correta uma massa de resíduos equivalente à massa das embalagens que uma empresa coloca no mercado, gerando crédito ambiental que será utilizado para comprovar a reciclagem.

Raul Casanova, diretor executivo da ANIMASEG, lembra que a eureciclo é certificadora do Sistema coletivo com a FIEMS (Federação das Indústrias do Estado do Mato Grosso do Sul), que apresenta Termo de Compromisso assinado com IMASUL e SEMAGRO, único Termo publicado no site oficial do Órgão Ambiental.

Para poder participar, a empresa deve fazer o levantamento dos dados de massa das embalagens comercializadas no ano de 2019 no Mato Grosso do Sul por tipo de material (plástico, papel, vidro e metal). Clique aqui para entender como calcular.

Em seguida, deve acessas a página de contratação do site da eureciclo e seleção do plano de acordo com a massa levantada. É possível acessar o passo a passo de contratação . Casanova lembra que para utilizar o cupom exclusivo para associados de 30% de desconto é preciso entrar em contato com a ANIMASEG. Após esse processo, o empresário deve selecionar a data de pagamento de boleto em parcela única, que vai até o dia 29/01/21. “É preciso agilizar, pois a eureciclo receberá contratações de seus serviços somente até o dia 25/01/2021.

Após a adesão, lembra Casanova, a eureciclo incluirá o CNPJ da empresa no Relatório coletivo oficial que será apresentado ao IMASUL/MPMS no dia 31/01/21 e não haverá necessidade de resposta direta da empresa ao Ministério Público. “Pelo levantamento que fizemos, existem 42 empresas associada da ANIMASEG na lista do IMASUL. Mas, outras empresas que tenham vendido para o Mato Grosso do Sul precisam regularizar a situação, mesmo não estando na lista de intimados”, alerta.

Leave A Reply

Your email address will not be published.

VOCÊ GANHOU UM CUPOM DE DESCONTO!

Utilize o CUPOM CIPA10 e tenha 10% de Desconto na Assinatura de qualquer Plano da Revista Cipa & Incêndio.

USAR MEU CUPOM CIPA10
* Promoção válida para pedidos realizados até o dia 30.01.2021. Essa promoção não é válida para quem já é assinante da revista e não é cumulativa com outras promoções.
close-link