Ensaios Não Destrutivos garantem maior vida útil a equipamentos, integridade de edifícios e aumentam a segurança dos trabalhadores

0

Durante a pandemia, empresas procuraram a ABENDI para realizar inspeções que vinham sendo adiadas

Os Ensaios Não Destrutivos (END) são a forma importante de avaliação de equipamentos, edificações e veículos (aéreos, marítimos e terrestres) em funcionamento, garantindo a segurança das pessoas, segundo João Rufino Teles Filho, consultor na área de certificação da ABENDI – Associação Brasileira de Ensaios Não Destrutivos e Inspeção. A meta é avaliar a integridade de equipamentos e estruturas, verificando se, durante a operação, não houve danos ou falhas.

Como o próprio nome diz, END são técnicas utilizadas na inspeção de materiais e equipamentos sem destruir ou danifica-los, sendo executadas nas etapas de fabricação, construção, montagem e manutenção. “Esses ensaios estão entre as principais ferramentas do controle da qualidade e monitoramento de materiais e componentes e são amplamente utilizados nos mais variados setores industriais, entre eles petróleo/petroquímico, químico, aeroespacial, siderúrgico, naval, eletromecânico e de papel e celulose, alimentício, e atualmente também em equipamentos eletrônicos”, afirma Teles. “Eles contribuem para o monitoramento da qualidade dos bens e serviços, redução de custo, preservação da vida e do meio ambiente”.

END na pandemia

Teles lembra que desde março do ano passado, quando foi decretada a pandemia pela OMS (Organização Mundial da Saúde), houve um aumento inesperado de procura pela aplicação da tecnologia. “Quando os empresários tiveram que fechar suas empresas e enviar seus funcionários para a casa, decidiram fazer os ensaios”, afirma. Em muitos casos, a aplicação do END vinha sendo adiada.

O empresário, na análise do consultor, tem se conscientizado da importância da aplicação dos Ensaios Não Destrutivos. Mas o isolamento social deu a oportunidade para buscarem o serviço. “Através das inspeções, uma indústria consegue ter informações valiosas sobre a condição em que seus ativos estão operando, sendo assim, as paradas para manutenção podem ser planejadas e programadas para os momentos mais oportunos possíveis, reduzindo custos e poupando gastos desnecessários. E foi exatamente o que aconteceu na pandemia”, afirma.

Portanto, mesmo a partir de um ponto de vista puramente financeiro, os Ensaios Não Destrutivos são de extrema importância para o planejamento industrial. As considerações adicionais sobre o papel dos Ensaios Não Destrutivos  em segurança, falhas e consequente prevenção de acidentes não deixam dúvida alguma sobre seu valor e a necessidade. É este ponto que precisa ser plenamente apreciado pelos gerentes industriais e tomadores de decisão em todos os níveis. “Os Ensaios Não Destrutivos, quando aplicados adequadamente, proporcionam retornos por meio da economia de tempo, reduzindo as taxas de falhas dos equipamentos, assertividade em diagnósticos e aumento da qualidade geral da confiabilidade dos equipamentos industriais, proporcionando uma extensão da vida útil através da manutenção preventiva e poupando paradas desnecessárias, além de evitar acidentes com os funcionários”.

Tales alerta, no entanto, que é preciso tomar cuidado com os profissionais que irá aplicar os END. “É importante a utilização de pessoas certificadas para que os testes e inspeções apresentem resultados confiáveis”, conclui.

Deixe uma Resposta

Seu comentário aguarda moderação.

VOCÊ GANHOU UM CUPOM DE DESCONTO!

Utilize o CUPOM CIPA10 e tenha 10% de Desconto na Assinatura de qualquer Plano da Revista Cipa & Incêndio.

USAR MEU CUPOM CIPA10
* Promoção válida para pedidos realizados até o dia 31.10.2021. Essa promoção não é válida para quem já é assinante da revista e não é cumulativa com outras promoções.
close-link