Gerenciar o tempo de trabalho é fundamental para evitar dores no corpo

0

Especialista em ergonomia recomenda o intervalo de 10 minutos, a cada uma hora trabalhada e uso adequado dos equipamentos.

Criar uma rotina de intervalo de 10 minutos a cada uma hora de trabalho é fundamental para que o corpo e a mente possam “recarregar as energias”. Um hábito simples e que poderia evitar dores em todo o corpo, mas que pouquíssimas pessoas seguem no dia a dia.

Segundo Luis Carlos Slavutzki, engenheiro mecânico e mestre em engenharia de produção com ênfase em ergonomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, os problemas mais frequentes de tendinite, dores na cervical ou lombar são ocasionados pelo uso inadequado dos equipamentos, seja no trabalho em casa ou na empresa.

“Há vários aspectos biomecânicos do movimento do corpo humano que precisam ser observados. É um erro comum usar livros embaixo do notebook para nivelar a altura da tela do monitor aos olhos, quando o correto é usar um suporte. A cadeira também deve ter regulagem de altura e apoio dos braços”, diz.

Ele alerta também para o impacto sobre as pernas, se a pessoa não faz o uso de um apoio para os pés.  “Os pés não encostam naturalmente no chão e isso provoca compressão sobre as pernas. Há casos de incidência de varizes e complicações nos tendões que a pessoa vai ter que conviver para o resto da vida”.

Slavutzki e muitos outros especialistas da área de Segurança e Saúde Ocupacional são unânimes em afirmar que a pandemia de Covid-19 trouxe consequências na população e ao ambiente de trabalho, principalmente no regime home office.  De acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), há 8,7 milhões de trabalhadores exercendo funções remotamente.

“Não tenho visto nada de muito inovador na tecnologia dos equipamentos e acessórios para uso nas estações de trabalho. Por outro lado, algumas empresas estão desenvolvimento softwares que fazem o gerenciamento do tempo de trabalho da pessoa. Estes softwares podem, por exemplo, desligar o computador a cada hora, inclusive com recomendações de 10 minutos de alongamento”.

Leave A Reply

Your email address will not be published.