O que é e qual a importância do DDS para a segurança do trabalho?

0
Por João Marcio Tossman*

Garantir a segurança e bem-estar dos colaboradores deve ser prioridade dentro da indústria para reduzir os riscos e, consequentemente, diminuir os acidentes de trabalho e melhorar a qualidade de vida dos envolvidos. Para que isso aconteça, existem várias medidas de segurança que devem ser adotadas de acordo com as Normas Regulamentadoras (NRs), além de outras formas de conscientização, como o DDS, ou Diálogo Diário de Segurança.

Você sabe o que é DDS e qual é sua importância para a segurança do trabalho? Possuir uma comunicação efetiva com os colaboradores é essencial para prevenir acidentes de trabalho, uma vez que todos precisam estar cientes de suas atividades diárias, riscos e formas de prevenção para manter o ambiente saudável e uma boa produtividade.

O que é o Diálogo Diário de Segurança?

O DDS é exatamente o que o nome diz, uma conversa realizada todos os dias, com duração de aproximadamente 10 minutos, antes do início do expediente, sobre assuntos relacionados à segurança do trabalho, como exemplo, a utilização adequada de equipamentos, as Normas Regulamentadoras e regras de segurança adotadas pela empresa, as formas de prevenir acidentes e outros assuntos relacionados. Além disso, outros temas relacionados à saúde, família, motivacionais e outros também podem ser abordados.

Os diálogos são conduzidos pelo líder da equipe, técnicos ou engenheiros de segurança ou até mesmo por convidados da empresa. O objetivo é sempre levar temas diferentes e interessantes, para ficarem guardados na memória dos colaboradores. Essa é mais uma forma eficiente de conscientizar os colaboradores dos riscos existentes, das formas de prevenção e de manter uma cultura de segurança que diminua os números de acidentes e aumente a produtividade.

O Diálogo Diário de Segurança também é uma forma de melhorar a comunicação dos trabalhadores, o trabalho em equipe e melhorar todos os processos que envolvem o trabalho e outras questões que são levadas para o DDS.

Como implementar um DDS de qualidade

Planejar adequadamente e envolver de forma efetiva todos os colaboradores é de extrema importância. Por isso, escolha temas atuais e pertinentes para o dia a dia de trabalho, cuidados com a saúde e outros. Incentive todos os profissionais a participarem e interagirem, para que a conversa traga novos conhecimentos e ajude não apenas no desenvolvimento profissional, como pessoal também.

Para não ficar cansativo, procure manter um diálogo que não ultrapasse 20 minutos. Se possível, tente manter uma duração de aproximadamente 10 minutos. Além disso, mantenha uma linguagem de fácil compreensão e seja objetivo em todos os assuntos. Caso não seja você a pessoa que conduzirá o diálogo, explique ao convidado como conduzir a conversa.

Crie um cronograma com os assuntos que estarão em pauta para que todos estejam cientes. O correto é manter esse diálogo diariamente, assim como o próprio nome diz. Entretanto, se for difícil, escolha uma periodicidade que seja boa para todos.

Por último, e não menos importante, registre todas as informações do DDS, como data, horário, tempo de duração, tema, lugar de encontro, quantidade de participantes, lista de presença e outros.

Por mais que não exista uma Norma Regulamentadora específica para o DDS, a NR-1 fala sobre capacitação e treinamento em segurança e saúde do trabalho e estabelece regras para treinamento inicial, periódico e eventual, sendo o DDS pertencente ao treinamento inicial. Confira abaixo!

NR-1: capacitação e treinamento em Segurança e Saúde no Trabalho

1.7 Capacitação e treinamento em Segurança e Saúde no Trabalho

1.7.1 O empregador deve promover capacitação e treinamento dos trabalhadores, em conformidade com o disposto nas NR.

1.7.1.1 Ao término dos treinamentos inicial, periódico ou eventual, previstos nas NR, deve ser emitido certificado contendo o nome e assinatura do trabalhador, conteúdo programático, carga horária, data, local de realização do treinamento, nome e qualificação dos instrutores e assinatura do responsável técnico do treinamento.

1.7.1.2 A capacitação deve incluir:

a) treinamento inicial;

b) treinamento periódico; e

c) treinamento eventual.

1.7.1.2.1 O treinamento inicial deve ocorrer antes de o trabalhador iniciar suas funções ou de acordo com o prazo especificado em NR.

1.7.1.2.2 O treinamento periódico deve ocorrer de acordo com periodicidade estabelecida nas NR ou, quando não estabelecido, em prazo determinado pelo empregador.

1.7.1.2.3 O treinamento eventual deve ocorrer: a) quando houver mudança nos procedimentos, condições ou operações de trabalho, que impliquem em alteração dos riscos ocupacionais; b) na ocorrência de acidente grave ou fatal, que indique a necessidade de novo treinamento; ou c) após retorno de afastamento ao trabalho por período superior a 180 (cento e oitenta) dias.

Conheça alguns temas de DDS

Como já falado, os temas podem variar de acordo com o objetivo do diálogo. Confira alguns assuntos que podem ser utilizados:

– Uso adequado dos EPIs;

– Uso adequado dos EPCs;

– Utilização dos equipamentos de bloqueio e etiquetagem;

– Perigos diários no trabalho; – Acidentes ou falhas fatais;

– Campanha de prevenção contra o câncer de mama, de próstata e outros;

– Cuidados para conter a disseminação do coronavírus; – Saúdo ocupacional do colaborador;

– Sustentabilidade;

– Como aumentar a produtividade;

– Aprender com os erros cometidos.

*João Marcio Tosmann – formado em Engenharia Elétrica, com ênfase em Eletrônica, pela PUC-RS, com pós-graduação em Administração Industrial pela USP e MBA em Marketing pela ESPM. Possui experiência em projetos de manutenção industrial e logística em autopeças. Atuou como membro da diretoria do Complexo Industrial Automotivo General Motors (CIAG) e líder de projetos de novos veículos como Celta (General Motors) e EcoSport (Ford). Atualmente é diretor da Tagout, indústria de produtos de Bloqueio e Etiquetagem que oferece consultoria, treinamento e elaboração de procedimentos para implantação do Programa de Controle de Energias Perigosas (PCEP).

Leave A Reply

Your email address will not be published.