Estudo alerta sobre riscos em lavanderias hospitalares

As lavanderias hospitalares são importantes para o controle de infecções, mas as condições de trabalho no setor, principalmente em hospitais públicos, são precárias e recebem pouca atenção da administração. As consequências para a saúde dos trabalhadores são diversas. Um estudo realizado no maior hospital público do Paraná, por exemplo, apresenta alguns dos principais impactos. A pesquisa, publicada na Revista Brasileira de Saúde Ocupacional (RBSO), foi feita pela fonoaudióloga Cláudia Giglio de Oliveira, professora da Universidade Tuiuti do Paraná.

De acordo com a especialista, um dos graves problemas nesses ambientes é o elevado nível de ruído devido à utilização de maquinário inadequado, causando significativas perdas auditivas nos trabalhadores. Cláudia também chama a atenção para uma situação preocupante: a falta de cuidado dos profissionais de saúde com os trabalhadores. “Muitas vezes, em meio à roupa que é encaminhada à lavanderia são descartados materiais contaminantes e perfurocortantes, como agulhas, seringas, que não deveriam estar ali, colocando em risco a saúde do trabalhador.”

Claudia destaca ainda que os entrevistados durante o estudo consideram a atividade penosa e desvalorizada. “Além de riscos físicos, ergonômicos, biológicos e de acidentes, a própria organização do trabalho nas lavandarias repercute de forma negativa na rotina desses trabalhadores”, diz.

O podcast Podprevenir entrevistou a especialista sobre o assunto. Acesse e confira as recomendações para melhorar a atividade nesses ambientes .

Envie o seu comentário

Por favor, digite seu nome

Digite seu nome

Por favor, insira um endereço de e-mail válido

Digite um endereço de e-mail

Por favor, digite a sua mensagem

Revista Cipa © 2017 Todos os direitos reservados

Grupo Cipa Fiera Milano | Avenida Angélica, 2491 – São Paulo – Brasil - Tel: +55 11 5585.4355