Seconci-SP investe na aquisição de novo equipamento de segurança do trabalho

853569_1Comemorando o dia 27 de julho, Dia Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho, o Seconci-SP (Serviço Social da Construção) aprimorou sua prestação de serviços nesta área. A entidade possui o aparelho SV 106, primordial para avaliação da exposição ocupacional a vibrações.

Trata-se de um medidor de vibrações ocupacionais de seis canais. De fabricação polonesa, está de acordo com as certificações ISO 8041:2005, ISO 2631-1, 2 & 5 e ISO 5349. “É possível medir VCI (Vibrações de Corpo Inteiro) e de VMB (Mãos e Braços), atendendo a metodologia estabelecida nas normas de segurança do trabalho da legislação brasileira, incluindo a última atualização da NR-9 (PPRA), em seu Anexo 1 – Vibração de 2014”, diz José Bassili, gerente de Segurança Ocupacional do Seconci-SP. Segundo o engenheiro, o equipamento estará disponível em todas as unidades do Seconci e auxiliará na elaboração de laudos mais específicos.

Nos últimos meses, o Seconci-SP também adquiriu outros equipamentos: GilAir5 – bomba de amostragem de ar (para medir agentes químicos); medidor de stress térmico TGD-300 (mede a temperatura ambiental para fins ocupacionais); e o audiodosímetro de ruído com banda de oitava (mede a dosimetria de ruído em que o trabalhador está exposto).

Todos estes aparelhos auxiliam a entidade a atender a necessidade das empresas do mercado da construção civil para a área de segurança do trabalho. O Seconci-SP tem uma equipe específica, liderada por Bassili, que conta com 17 profissionais, entre engenheiros, supervisores técnicos, técnicos de segurança e assistentes administrativos.

“Existem no Brasil procedimentos obrigatórios relacionados à segurança e medicina do trabalho, regidos pelas Normas Regulamentadoras, também conhecidas como NRs. Citadas na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), as NRs são de observância obrigatória por todas as empresas brasileiras regidas pela CLT e são periodicamente revisadas pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social. Além de prestar serviços de saúde e de segurança do trabalho aos 746 mil trabalhadores da construção paulista e seus familiares, o Seconci-SP também oferece uma gama de serviços que contribuem para as empresas se adequarem às leis”, diz.

A entidade elabora programas e relatórios, promove treinamentos exigidos pelas NRs, faz visitas técnicas nos canteiros de obras com emissão de relatório de conformidade, realiza auditoria em segurança e saúde do trabalho, produz laudos para caracterização de insalubridade e periculosidade, além de avaliações ergonômicas dos postos de trabalho. “Realizamos ainda exames ocupacionais, inclusive in company (canteiros de obras e escritórios), e oferecemos orientações e treinamentos sobre prevenção de doenças do trabalho e profissionais”, diz Bassili.

Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho
Em 27 de julho de 1972, o então ministro do Trabalho Júlio Barata publicou as Portarias 3.236 e 3.237, que regulamentavam a formação técnica em Segurança e Medicina do Trabalho, além de atualizar o artigo 164 da CLT, que discorre sobre as condições internas de uma empresa, mais precisamente sobre a atuação e formação da Cipa (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes). Por isso, a data foi escolhida para ser o Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho.

Envie o seu comentário

Por favor, digite seu nome

Digite seu nome

Por favor, insira um endereço de e-mail válido

Digite um endereço de e-mail

Por favor, digite a sua mensagem

Revista Cipa © 2017 Todos os direitos reservados

Grupo Cipa Fiera Milano | Avenida Angélica, 2491 – São Paulo – Brasil - Tel: +55 11 5585.4355