Blended Learning é modalidade interessante para educação corporativa

0

Ensino tradicional, ou EaD? Não há dúvida que a pandemia impôs essa discussão. Mas não é necessário escolher, em absoluto, um ou outro caminho. O meio termo é o chamado blended learning, ou seja, em bom português, o “ensino misturado”, que mistura aulas presenciais com ensino à distância.

“O blended learning consegue reunir os melhores aspectos de ambas as modalidades: a praticidade e a facilidade de acesso aos conteúdos do método assíncrono de ensino [à distância], e a possibilidade de trocar de experiências nos eventos síncronos, em que o contato entre facilitador e aprendiz é mais próximo”, explica Flora Alves, CLO da SG – Aprendizagem Corporativa. Ela ressalta que o ensino híbrido não se propõe a substituir a sala de aula tradicional, mas sim a utilizar a tecnologia para transformar, inovar e aperfeiçoar as técnicas de aprendizagem.

Como funciona o Blended learning?

Não há uma regra fixa, mas instituições de ensino que utilizam o sistema blended learning podem estabelecer, em média, um final de semana de encontro por mês. Esse ritmo é interessante para profissionais que dispõem de uma agenda muito apertada durante os dias da semana, por exemplo. “Nestes encontros, as aulas são marcadas pelo protagonismo do aprendiz: com dinâmicas de exercícios, práticas e atividades que visam humanizar a relação entre professor e aluno. Consequentemente, esse expediente amplia e desenvolve o processo de aprendizagem”.

A atenção plena do professor, ou facilitador, também é crucial. “Não basta simplesmente colocar a câmera na sua frente e fazer exatamente aquilo que você fazia no ambiente presencial. Você precisa conhecer as ferramentas e suas funcionalidades, extraindo o melhor de cada uma delas para a finalidade que você tem enquanto objetivo de aprendizagem”, diz Alves.

Algumas vantagens desse formato híbrido de treinamento:

Redução de custos: o formato permite diminuir a carga horária de aulas presenciais. Dessa forma, é possível diminuir custos operacionais. O conteúdo online pode ser mais facilmente atualizado, o que descarta a necessidade de novos treinamentos presenciais em caso de mudanças pontuais no conteúdo.

Diversificação das aprendizagens: Pessoas diferentes aprendem de formas distintas. Portanto, a aprendizagem combinada tem chances maiores de ser eficaz para mais colaboradores, que possuem diferentes níveis de habilidades e capacidades.

Introdução da cultura e-learning na organização: O blended learning é uma forma interessante de introduzir a cultura e-learning em organizações que possuem um histórico de treinamento presencial. Mesclar a capacitação presencial com o ensino a distância pode fazer com que os colaboradores se adaptem melhor a esse cenário tecnológico, que vem transformando a educação corporativa mundial (e que acelerou tanto com a vinda da pandemia).

Leave A Reply

Your email address will not be published.

VOCÊ GANHOU UM CUPOM DE DESCONTO!

Utilize o CUPOM CIPA10 e tenha 10% de Desconto na Assinatura de qualquer Plano da Revista Cipa & Incêndio.

USAR MEU CUPOM CIPA10
* Promoção válida para pedidos realizados até o dia 30.01.2021. Essa promoção não é válida para quem já é assinante da revista e não é cumulativa com outras promoções.
close-link