Como reduzir o burnout dos seus funcionários?

0

Por Uranio Bonoldi*

A maioria de nós está se sentindo mais esgotado do que o habitual por conta do momento delicado que estamos vivendo e também em função do trabalho remoto. E o desgaste não está apenas afetando nossa saúde mental, como também a nossa produtividade.

Um dos maiores motivadores do burnout dos funcionários é a sensação de não estar realizando nada no trabalho. Há uma enorme diferença entre cumprir horas e realmente alcançar algum resultado e, provavelmente, já teve mais de alguns dias em que colaboradores em home office pensaram: “Eu sei que trabalhei duro, mas não tenho certeza se realmente realizei alguma coisa significativa”.

Então, você, como líder ou gestor de equipes, pode consertar isso e ajudar seus funcionários a obter um sentimento de realização? Todas as manhãs, peça para que eles respondam a uma pergunta simples: “Quais são os objetivos que eu preciso alcançar hoje para que este seja um dia de sucesso?” Peça para que eles listem objetivos realizáveis naquele dia, item a item, pelo fato que a visualização de cada um deles e, depois de cumpridos, – ao dá-los como realizados, isso lhes dará uma satisfação enorme. Não aceite listas enormes e inalcançáveis. Um bom número de objetivos relevantes para um dia de trabalho se situa entre 1 a 5, – no máximo.

Agindo assim, existe mais chance do seus colaboradores terminarem o dia com a sensação de que “hoje foi um dia produtivo”, orientando-o a começar o dia desenvolvendo um plano para saber exatamente o que precisa fazer para alcançar seu objetivo. Assumir esse simples compromisso matinal é fazer uma promessa consciente de que eles realizarão essas tarefas ou objetivos. E, restringindo o foco em apenas alguns itens bem claros, eles manterão todas as suas energias direcionadas para suas tarefas específicas. Portanto, lembre aos seus colaboradores que manter essa lista com um número de itens alcançáveis é de fundamental importância.

Uma outra razão pela qual essa pergunta simples é tão poderosa é que ela ajuda a estimular nosso poder de controle. Quando fazemos esta pergunta de manhã, estamos essencialmente criando uma lista de atividades que acreditamos poder controlar. Afinal, se seus colaboradores se comprometerem a realizar essas atividades, sabendo que elas levarão à sensação de que hoje foi um dia de sucesso, eles terão a capacidade de monitorar e entender se são bem-sucedido ou não na realização de suas atividades.

Alcançar esses micro-compromissos mostrará que eles têm controle sobre si mesmos e isso vai reduzir sua exaustão porque, mesmo que os dias possam ser difíceis, eles conseguirão obter um sentimento de dever cumprido, – de realização. Experimente propor esta organização para seus colaboradores, você verá como o nível de desgaste será reduzido e o ânimo recobrado.

*Uranio Bonoldiatua como executivo e também como professor para turmas de MBA na Fundação Dom Cabral, é palestrante e escritor. Possui longa experiência executiva em cargos de alta gestão, especialista em tomada de decisão, carreira e negócios. Na Fundação Dom Cabral ministra aulas para executivos sobre poder e tomada de decisão.

Leave A Reply

Your email address will not be published.