Em busca de estratégia de saúde e prevenção mais eficaz, empresas contratam médicos generalistas

0

A falta de acompanhamento médico, a sobrecarga de atividades e as doenças crônicas são alguns dos principais fatores que afetam o desempenho de um trabalhador. Ocasionalmente, elas também podem acabar por causar o afastamento dos colaboradores de suas funções.

De acordo com a Associação Brasileira de Recursos Humanos, cerca de 12% da verba das companhias é investida em planos de saúde – em alguns casos, o percentual chega a 20%. Ainda assim, questões clínicas e prevenção ineficiente continuam sendo um problema para a maioria das empresas.

Pesquisa da International Stress Management Association (ISMA) mostra, por exemplo, que o Brasil é o segundo país do mundo com mais casos síndrome de Burnout, transtorno ligado ao esgotamento profissional. Além disso, cerca de 40% da população brasileira adulta tem alguma doença crônica, de acordo com o Ministério da Saúde.

Diante disso, e com o crescimento dos custos com convênios médicos, algumas companhias vêm adotando uma nova estratégia: a medicina corporativa. A nova modalidade diminui os gastos e atua diretamente na prevenção, com a presença de médicos generalistas no ambiente de trabalho.

“O profissional de medicina integrativa para empresas pode resolver até 78% da demanda por diagnóstico e tratamento, com consultas agendadas em no máximo 48h. A proximidade e o acompanhamento diminuem muito a necessidade de encaminhamento a especialistas e de exames complementares”, afirma o Dr. José Carlos de Rezende, especialista em Medicina do Trabalho e Medicina de Família.

Rezende é fundador da startup Cuida Mais, que oferece esse serviço às companhias que estejam em busca de uma nova estratégia de saúde e prevenção. As entidades pagam um valor por funcionário e têm à disposição um médico para atendimento presencial, que participa do cotidiano de cada setor e acompanha regularmente as condições de saúde de cada trabalhador.

“Nossa proposta é reduzir as distâncias entre pacientes, exames e médicos. Normalmente, quando as empresas oferecem um convênio, não há um centro de cuidado desse paciente, a cada hora ele é atendido por um médico diferente. A nossa proposta é que a empresa passe a ter um médico próprio para cuidar de seus colaboradores e todos os exames sejam feitos em nossas redes credenciadas”, diz.

Além do atendimento presencial e regular, a startup oferece encaminhamento para exames (de rotina ou específicos) e especialistas, por meio de uma rede credenciada, que inclui clínicas e laboratórios. Essas utilizações, porém, tem de ser pagas à parte.

Deixe uma Resposta

Seu comentário aguarda moderação.

VOCÊ GANHOU UM CUPOM DE DESCONTO!

Utilize o CUPOM CIPA10 e tenha 10% de Desconto na Assinatura de qualquer Plano da Revista Cipa & Incêndio.

USAR MEU CUPOM CIPA10
* Promoção válida para pedidos realizados até o dia 30.11.2021. Essa promoção não é válida para quem já é assinante da revista e não é cumulativa com outras promoções.
close-link