Fórum Econômico Mundial aponta que pandemia acelerou mudanças nas relações de trabalho

0

As organizações empresariais na América Latina estão revendo seus processos e estruturas para desenvolver uma nova experiência para o empregado. A conclusão está em um relatório elaborado pelo Fórum Econômico Mundial, organização mundial para cooperação Público-Privada que envolve líderes políticos, empresariais, culturais e outros líderes sociais para moldar as agendas globais, regionais e industriais; e a Willis Towers Watson, empresa global em consultoria, corretagem e soluções.

De acordo com nota distribuída pelo Fórum, o relatório “fornece às organizações um modelo para reformular a maneira como valorizam e tomam decisões sobre sua força de trabalho em um mundo pós-COVID-19”. A pandemia, segundo Ravin Jesuthasan, diretor da Willis Towers Watson e coautor do artigo Capital Humano como um ativo: Uma estrutura contábil para restaurar o valor do talento no novo mundo do trabalho, “acelerou a mudança para novas formas de trabalho, o que levou as empresas a repensarem como, onde e quem trabalha”.

A nota diz ainda que “na América Latina, houve uma transformação significativa nas relações de trabalho”. “As organizações têm revisto seus processos e estruturas para desenvolver uma nova experiência para o colaborador, considerando o novo contexto e as necessidades dos diferentes públicos”, diz o texto.

Leave A Reply

Your email address will not be published.