Em tempo de home office, startup quer ajudar empresas a otimizarem seus escritórios

0

O trabalho remoto foi adotado por quase metade das empresas brasileiras, aponta a Fundação Instituto de Administração (FIA). E a estratégia escolhida, aparentemente, agradou também os empregados, segundo outra pesquisa, desta vez da IBM. Afinal, somente 10% dos entrevistados disseram que gostariam de voltar a trabalhar todos os dias no escritório.

Quanto aos 90% restantes, uma parte prefere passar mais dias em casa e a outra mais tempo no escritório. De toda forma, como se pode ver, a flexibilidade dá o tom dessa nova etiqueta de trabalho e as companhias, para deixar seus funcionários satisfeitos, devem correr para se adaptar a ela.

Uma das opções para reduzir custo e não abrir mão de um espaço físico central são os escritórios compartilhados, que, nos últimos anos, na onda iniciada pela WeWork, se multiplicaram. No entanto, outra opção interessante é aproveitar a própria sede, reduzir seu tamanho e flexibilizar seu uso. É essa a aposta da startup Inventsys, que criou a plataforma DESKO Workspace Management.

Por meio da DEKSO, as organizações podem mapear suas posições de trabalho e permitir que seus colaboradores reservem espaços, em uma dinâmica que lembra a escolha de assentos em uma aeronave. Algumas já começaram a utilizar a plataforma, casos da Raízen, CVC e iFood.

“Outra vantagem é que, dessa forma, não é necessário ampliar os escritório à medida que se contrata mais profissionais”, comenta Mário Verdi, CEO da Inventsys. “As empresas, ao operar em um modelo compartilhado, com parte dos colaboradores em home office, conseguem otimizar suas estruturas e economizar custos”.

Segundo Verdi, é possível reservar salas de acordo com a capacidade, a temperatura do ar-condicionado – um conhecido embate dos ambientes corporativos – ou até pela presença de equipamento de videoconferência ou máquina de café. “Quando o pico da pandemia passar e os funcionários, aos poucos, retornarem aos escritórios, as empresas necessitarão readequar seus espaços e a gestão que fazem dele”, diz.

Leave A Reply

Your email address will not be published.