Empresas ampliam opções de vacinas oferecidas a seus funcionários

1

Com trabalhadores mais velhos, companhias vão além da proteção contra a gripe e focam em pneumonia

Com o aumento crescente da expectativa de vida no Brasil, cresce também o número de trabalhadores maduros que permanecem no mercado de trabalho. De 2003 a 2013, por exemplo, a participação de trabalhadores com 50 anos ou mais na população ativa saltou de 16,7% para 22,5%, segundo o relatório Retrospectiva da PME (Pesquisa Mensal de Emprego), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Por isso, considerando as necessidades dessa faixa etária, muitas empresas têm aderido a campanhas de vacinação que vão além da proteção contra a gripe. Esse é o caso da pneumonia, importante causa de internação e morte entre os mais velhos.

Nos adultos, os maiores de 50 anos formam o público mais vulnerável à pneumonia, em função do enfraquecimento do sistema imunológico provocado pelo envelhecimento. “Vacinar-se contra essa doença é essencial para preservar a saúde dos funcionários nessa faixa etária porque muitos deles apresentam comorbidades, como diabete e hipertensão, que podem ser agravadas pela pneumonia”, afirma a médica Isabella Ballalai, presidente da SBim (Sociedade Brasileira de Imunizações).

O Streptococcus pneumoniae (pneumococo) é a causa bacteriana mais frequente da pneumonia. Entre as opções de vacinas disponíveis para a prevenção desse tipo de pneumonia e das demais doenças pneumocócicas está a Prevenar 13, da Pfizer, que é indicada tanto para pessoas a partir dos 50 anos como para crianças e adolescentes de dois meses a 17 anos de idade.

Contra o absenteísmo e a queda da produtividade
No final de 2015, a CNI (Confederação Nacional da Indústria) adquiriu 700 doses da vacina Prevenar 13. As doenças respiratórias, principalmente a pneumonia, são as principais responsáveis pelos gastos hospitalares ligados ao plano de saúde, perdendo apenas para os casos de câncer.

“Em lugar de gastar no tratamento de doenças, queremos investir na prevenção e na melhoria da qualidade de vida das pessoas”, afirma o médico Amilton Cabral Júnior, gerente de Saúde Ocupacional e Qualidade de Vida da CNI.

Na Ambev, seus funcionários e dependentes podem se imunizar gratuitamente contra a pneumonia há três anos. “O programa de vacinação contribui para proteger a saúde dos funcionários, que são o nosso principal patrimônio”, afirma o pneumologista Clystenes Silva, consultor de saúde da Fundação Zerrener, gestora dos planos de assistência médica, hospitalar e odontológica dos trabalhadores da Ambev e seus familiares.

O médico argumenta que a vacinação contra a pneumonia foi adotada pela Ambev porque a doença é a segunda causa de internação de pacientes no Brasil. “De acordo com o Datasus, a pneumonia é responsável por 650 mil hospitalizações por ano. Assim, com a imunização, reduzimos os índices de absenteísmo e evitamos a queda da produtividade”, diz o médico. Desde 2013 a Ambev, com o patrocínio da Fundação Zerrenner, vacinou quase três mil pessoas com a vacina Prevenar 13, entre empregados da companhia e seus dependentes, maiores de 50 anos, crianças a partir de 2 meses e adolescentes até 17 anos. A companhia também oferece proteção contra a gripe.

Há seis anos, o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico) decidiu incluir em seu Programa de Saúde do Trabalhador todas as vacinas recomendadas pela SBIm. A receptividade foi tão boa, que a medida foi mencionada por boa parte dos funcionários em uma pesquisa interna sobre os valores da empresa.

“Temos de ir além do que determina a lei, porque o funcionário sente que é valorizado quando percebe que a empresa se preocupa com a sua saúde”, argumenta a médica Ana Paula Pimentel Mendonça, chefe do Departamento Médico da Fapes (Fundação de Assistência e Previdência Social) do BNDES.

O banco oferece a Prevenar 13 para todos os funcionários com doenças crônicas e para os colaboradores saudáveis a partir dos 50 anos. “É mais barato investir em prevenção do que arcar com os custos do afastamento de um funcionário por pneumonia e gastos indiretos, como a queda da produtividade e os custos com substituições”, diz Ana Paula.

Menos internações
Não são apenas as empresas que estão ampliando a gama de vacinas oferecidas para seus funcionários. Desde 2013, a Mútua, plano de saúde que reúne 800 magistrados do Rio de Janeiro, incorporou a vacina contra a pneumonia em seu programa de imunização. “Ao ampliar as medidas preventivas, evitamos o agravamento das doenças e reduzimos as internações e os gastos hospitalares”, declara o desembargador Antônio Saldanha Palheiro, presidente da Mútua.

Pela lei, um magistrado pode trabalhar até os 70 anos. A partir daí, ele se aposenta, mas permanece no plano de saúde. Assim, por causa desse perfil etário, os associados da Mútua são muito vulneráveis à pneumonia. “Com a vacinação, reduzimos as hospitalizações e mortes”, afirma o desembargador. Hoje, a Mútua aplica mil vacinas por ano a seus associados e dependentes.

Já a Unimed de Curitiba passou a oferecer em 2015, a médicos e beneficiários, a vacina contra pneumonia com desconto. “A adesão nos surpreendeu. Acreditamos que iremos vacinar 800 pessoas até o fim do inverno”, disse o infectologista Jaime Rocha, membro do conselho da Unimed da capital paranaense. Neste ano, a campanha de vacinação contra a pneumonia abrangeu apenas adultos a partir dos 50 anos. Com o sucesso da iniciativa, os organizadores já cogitam estender a vacinação a outras faixas etárias e grupos de risco, como imunocomprometidos e doentes crônicos.

1 Comentário
  1. Claudia Teixeira diz

    Na matéria não citaram que a Vacina Pneumocócica 23 valente esta disponível gratuitamente para indivíduos com comorbidades a partir de 2 anos de idade em instituições conhecidas como CRIEs em todo o país.

Deixe uma Resposta

Seu comentário aguarda moderação.

VOCÊ GANHOU UM CUPOM DE DESCONTO!

Utilize o CUPOM CIPA10 e tenha 10% de Desconto na Assinatura de qualquer Plano da Revista Cipa & Incêndio.

USAR MEU CUPOM CIPA10
* Promoção válida para pedidos realizados até o dia 30.09.2021. Essa promoção não é válida para quem já é assinante da revista e não é cumulativa com outras promoções.
close-link