Lideranças femininas são inovadoras e transmitem mais confiança, indica pesquisa

0

As lideranças femininas são consideradas mais inovadoras, eficientes na gestão e transmitem mais segurança para os colaboradores, mostra a pesquisa FIA Employee Experience 2021. Por outro lado, os CEOs homens foram avaliados como mais orientados para resultados e aqueles que valorizam os processos internos.

O levantamento é baseado na premiação Lugares Incríveis Para Trabalhar e contou com a participação de 112 mil funcionários de 120 grandes empresas do país. Eles avaliaram indicadores de popularidade, confiança, qualidade da gestão, feedbacks e aspectos culturais, como a abertura para inovação, competitividade e relacionamento.

Um primeiro ponto que merece ser observado envolve o conhecimento dos colaboradores sobre os CEOs. De acordo com os dados, 88% dos funcionários têm conhecimento do presidente da companhia quando ele é uma mulher e 73%, quando é um homem.

As mulheres tiveram melhor desempenho em termos da confiança que transmitem aos funcionários. Na edição 2021, 78% dos colaboradores entrevistados afirmaram confiar totalmente em sua CEO (em 2020, esse número foi de 76%). Já em relação aos CEOs homens, o nível de confiança foi de 69% (uma queda de sete pontos percentuais em relação ao ano passado).

“Esse dado reflete o ganho de credibilidade das mulheres no mercado, que elas vêm conquistando de modo gradativo. Além disso, o indicador se relaciona diretamente com a questão da popularidade – afinal, quanto mais um líder for conhecido, maior a chance de elevar sua confiança com o time”, afirma Lina Nakata, professora da FIA Business School e uma das responsáveis pelo desenvolvimento da pesquisa.

Quando se trata de eficiência e qualidade da gestão, os indicadores também apontaram para uma percepção mais positiva sobre as lideranças femininas. Para 54% dos colaboradores entrevistados em 2021, por exemplo, as CEOs têm uma gestão excelente (ou muito boa, para 32% dos funcionários).

Os CEOs, por sua vez, foram considerados excelentes por 42% dos entrevistados, o que indica uma diferença expressiva em relação às mulheres. O índice se igualou para aqueles que consideram a gestão das lideranças masculinas muito boas (32%).

Em relação a 2020, houve avanço de sete pontos na avaliação sobre a excelência da gestão feminina. Já entre os homens, queda de nove pontos no índice.

O levantamento comparou ainda os aspectos culturais das lideranças femininas e masculinas. Entre as mulheres, as características que mais se destacaram foram a abertura para inovação (33%), cultura de relacionamento (18%) e segurança (16%).

Nos mesmos quesitos, os homens foram vistos como inovadores por 29% dos entrevistados, bons no relacionamento com as equipes por 15% e seguros por 14% dos colaboradores.

Por outro lado, os CEOs são considerados mais competitivos e orientados para resultados do que as mulheres (22% x 15%) e com mais ligação a uma cultura de ordem e processos bem estruturados (7% x 3%).

Feedbacks

A pesquisa da FIA trouxe, ainda, a percepção dos diretores sobre os feedbacks que recebem dos CEOs de suas companhias.

Segundo a pesquisa, as presidentes são mais frequentes na avaliação de seus funcionários (84,8% x 80,0%) e transmitem feedbacks que contribuem mais para o desenvolvimento dos liderados no C-level (90,8% x 86,9%).

“Todos esses dados demonstram tanto um maior equilíbrio nas avaliações – uma vez que os índices, no geral, não possuem disparidades muito severas – quanto uma visão mais positiva do mercado sobre as lideranças femininas, que conquistam cada vez mais espaço”, diz Nakata.

“No entanto, é importante ressaltar que ainda há muitas oportunidades para o avanço das CEOs no mercado, já que, das 120 companhias, apenas 7 tinham presidentes mulheres.”

Deixe uma Resposta

Seu comentário aguarda moderação.

PATROCÍNIO

VOCÊ GANHOU UM CUPOM DE DESCONTO!

Utilize o CUPOM CIPA10 e tenha 10% de Desconto na Assinatura de qualquer Plano da Revista Cipa & Incêndio.

USAR MEU CUPOM CIPA10
* Promoção válida para pedidos realizados até o dia 31.01.2022. Essa promoção não é válida para quem já é assinante da revista e não é cumulativa com outras promoções.
close-link